Reunião de Conselho do Vasco acaba em confusão

3

Reunião de conselheiros do clube acaba em confusão

A reunião do Conselho Deliberativo do Vasco que aconteceria nesta quinta-feira foi cancelada, após uma grande confusão generalizada envolvendo os conselheiros na Sede Náutica da Lagoa.

Destaque para a discussão envolvendo Eurico Brandão, o Euriquinho e o presidente do Vasco, Alexandre Campello. A pauta que seria votada era sobre as contas do Vasco em 2018.

Eurico Brandão, o Euriquinho
Eurico Brandão, o Euriquinho

Leia mais: Vasco começa a planejar 2020

– Chegou à mesa que o vice-presidente Francisco Vilanova estava mandando a segurança para agredir alguns conselheiros. Em função disso, o plenário estava todo temerário, algumas pessoas foram embora. O presidente (Campello), junto com a vice-presidente Sônia (Andrade), pediu o cancelamento. Eu também estava tendencioso a cancelar, confesso, porque não estava vendo segurança no plenário. Pelo bem da reunião, resolvemos cancelar – explicou o presidente do Conselho Deliberativo, Roberto Monteiro.

O presidente do Vasco, Alexandre Campello nega e culpa Roberto Monteiro pelo cancelamento da reunião.

– Ele fez a reunião demorar mais do que o necessário, contando que os conselheiros mais velhos, os beneméritos e grande beneméritos iriam acabar desistindo. Hoje, tinha pessoas na reunião que foram de muleta, cadeira de rodas. Quando ele viu que tinha um número inferior (para votar contra a aprovação das contas), acabou provocando uma confusão e encerrou. Aí veio falar que eu pedi para cancelar – disse Campello.

Leia mais: http://noticiasinterativas.com.br

Compareceram 212 conselheiros para a reunião e a expectativa era de um placar apertado para a aprovação ou não das contas do Vasco em 2018.

Mas com a demora para o inicio da votação, os ânimos se acirraram. Membros da situação reclamaram de que conselheiros contrários a aprovação eram maioria e que Roberto Monteiro estaria propositalmente atrasando a votação.

Sempre polêmico, Euriquinho acusou o vice-presidente de Desportos Terrestres, Francisco Villanova, de mandar seguranças do clube agredir conselheiros – a diretoria nega que isso tenha acontecido. Iniciou-se a confusão com discussões e xingamentos, principalmente entre Euriquinho e Alexandre Campello.

Sem clima para continuar a reunião, Roberto Monteiro, presidente do Conselho Deliberativo do Vasco, decidiu cancelar a reunião por tempo indeterminado.

3 COMENTÁRIOS

  1. Segundo Campello, a confusao foi resultado, principalmente, da demora do presidente de Roberto Monteiro para iniciar a votacao. Diversos dos 212 conselheiros presentes desistiram de esperar e foram embora, diminuindo o quorum e alterando o resultado final da aprovacao ou nao das contas de 2018. O presidente do Vasco ainda atacou a maneira como Roberto Monteiro conduziu a reuniao. Segundo Campello, o modo de operacao e recorrente, mas em sua gestao ainda nao tinha havido uma confusao generalizada como na reuniao desta quinta-feira.

  2. A confusao comecou depois de o som do plenario ter sido cortado durante uma fala da 2? vice-presidente do clube, Sonia Andrade. A partir dai e do discurso de Otto Carvalho, um dos favoraveis a aprovacao das contas, os animos se exaltaram. Campello lamentou o ocorrido.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui